O que acontece após a assinatura do contrato?

Para que você possa achar o imóvel dos seus sonhos e que mais se encaixa no seu perfil é necessário passar por diversas etapas, desde a escolha do bairro, a do imóvel, o fechamento de contrato e agora vamos te contar o que acontece após a assinatura do contrato. Antes de começar a arrumar as malas, saiba que ainda faltam algumas coisas para tudo estar finalizado, e para que você saiba exatamente o que deve esperar vamos explicar passo a passo. Acompanhe!

Passo a passo após a assinatura do contrato

Não é sempre que fazemos a compra de um imóvel, certo? Por isso pode ser um pouco difícil saber exatamente quais são os processos.

Após a assinatura do contrato há algumas etapas antes de o imóvel ser oficialmente seu, porém depende do modelo de compra, se foi à vista ou por financiamento, vamos detalhar o passo a passo de cada um deles para você!

Por pagamento a vista

Há uma pequena diferença entre a finalização do processo de compra na opção de pagamento e vista e financiamento, vamos começar com o passo a passo do pagamento à vista.

Imposto de Transmissão de Bens Imóveis

Após a assinatura do contrato de compra é dada a entrada na guia de ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis), que é um tributo municipal que deve ser pago quando ocorre uma transferência imobiliária. Para que essa guia seja emitida é necessário reunir diversos documentos de recolhimento do imposto, como contratos, comprovantes de pagamento e formulários próprios de cada município.

O ITBI é calculado com base nas taxas de IPTU de cada cidade. Os valores e taxas adicionais podem ser consultados diretamente na Secretaria da Fazenda ou Finanças do Município.

Cartório de notas

Após a entrada da ITBI é necessário que ela seja levada junto com os documentos para o cartório de notas, o registro do contrato no cartório não é uma obrigatoriedade prevista em lei, porém é recomendado que isso seja feito, pois ao registrar o contrato passa a ser um documento incontestável.

Para que o registro seja feito é necessário os seguintes documentos:

Escritura Pública de Compra e Venda, ou outro documento comprobatório da aquisição do imóvel;

Carnê de IPTU do ano corrente, os comprovantes dos pagamentos dos impostos devidos;

Certidão atualizada e original da matrícula do imóvel;

Caso os compradores sejam casados é necessário a certidão de casamento.

Assinatura da escritura

Para providenciar que a escritura do imóvel seja passado para o seu nome, é preciso recorrer ao Cartório de Registro de Imóveis da região onde o imóvel está situado. Para que seja possível efetuar o processo é necessário apresentar o contrato de compra e venda realizado entre as partes. Para que  a escritura seja concluída, o cartório vai solicitar também os documentos pessoais do comprador, além das certidões do vendedor. Após a assinatura de ambas as partes, é preciso que sejam pagos os impostos e as taxas de transmissão de imóveis, e assim, o comprador vai receber a matrícula atualizada da propriedade, já indicando o bem registrado em seu nome. 

Junto com isso é agendada a quitação integral do imóvel e para finalizar é necessário pegar a escritura e toda a documentação e levar para o cartório de registo da sua região.

Pagamento por financiamento

Para os imóveis financiados o processo é um pouco diferente e leva um pouco mais de tempo, porém também iremos te ajudar com o passo a passo.

Vistoria do Imóvel

Após a assinatura do contrato e a entrega de toda a documentação faltante e a assinatura de formulários é feita a vistoria do imóvel pelo representante do banco da instituição financeira, pois o imóvel será como uma garantia para o banco. 

Após a vistoria feita a documentação passa por análise jurídica do banco e é gerado o contrato de Alienação Fiduciária.

Contrato de Alienação Fiduciária

A alienação fiduciária é a garantia de pagamento em segurança, e se dá pela transferência da posse de um bem do comprador ao banco. Enquanto você estiver pagando o financiamento o imóvel é seu, que preserva a posse direta, usando-a como se fosse sua. Porém, juridicamente, a propriedade é do banco até terminar o pagamento. Após essas etapas, o procedimento segue semelhante a o da compra a vista, é feita a entrada na guia ITBI, depois levado ao cartório de notas, é assinada a escritura, é feita a quitação e levada ao cartório de registro.

Qual a importância de dar sequência ao processo mesmo após a finalização?

Mesmo depois que o imóvel já é seu é importante manter contato com a imobiliária para que possamos te auxiliar caso haja alguma situação.

A Sh Prime te ajuda em todos os processos

Contamos com uma equipe de jurídico e pós venda pronta para te ajudar a lidar com toda essa burocracia contratual, eles poderão te oferecer todos os detalhes necessários para que o processo seja feito com máxima transparência do começo ao fim. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *